Entre 9 e 27 de novembro, a iniciativa “Cine Cineasta”exibe as sete obras-primas do cineasta russo Andrei Tarkovski. As primeiras sessões do ciclo acontecem neste fim de semana.

1*eYp71igsZZum8-jAXXxWFA

Esculpir o tempo. Assim Tarkovski expressava a sua concepção de cinema. A presença da Fé e da transcendência e os limites da consciência humana são temas caros ao artista que via o cinema como a arte que mais plenamente expressava a existência humana e sua relação com o mundo e a natureza. Tomando o cinema como lugar de encontro e de conversas, aliando fruição, formação, pensamento e crítica, o Cine Cineasta dedica o mês de novembro a um dos maiores nomes do cinema de todos os tempos.

Tarkovski realizou sete obras-primas ao longo de sua trajetória. Inédita em Salvador, a mostra exibe a filmografia completa do diretor, desde “A Infância de Ivan”, de 1962, seu primeiro longa-metragem, vencedor do Leão de Ouro no Festival de Veneza daquele ano, até “O Sacrifício”, de 1986, considerado seu testamento espiritual e intelectual. O ciclo começa neste fim de semana, exibindo na manhã de sábado, dia 9, às 10h, “A Infância de Ivan”, na Saladearte – Cinema da UFBA; e na manhã de domingo, também às 10h, tem a sessão do clássico “Andrei Rublev”, de 1966, que aborda temas como fé, arte e história.

O Cine Cineasta é parte das ações Cinematógrafo, iniciativa independente dos cineastas e curadores Fabricio Ramos e Camele Queiroz, que promovem diversos encontros de cinema em parceria com o Circuito de Cinema Saladearte. Para a curadora Camele Queiroz, “resgatar a tradição das matinês, além de remeter aos tempos áureos do cinema como parte da formação sensível e cultural da sociedade, permite que o filme habite o nosso espírito pelo resto do dia, favorecendo uma relação de permanência com cada obra”.

O Cine Cineasta vem acontecendo desde abril, dedicando cada mês às obras de um grande nome do cinema. Já foram exibidos filmes de Luchino Visconti, Federico Fellini, Ingmar Bergman, Luis Buñuel, Akira Kurosawa, Agnès Varda e Fassbinder. Pela primeira vez, o ciclo mensal exibe a filmografia completa de um cineasta. O curador Fabricio Ramos destaca que “o Cine Cineasta oferece a Salvador a oportunidade de conhecer ou revisitar na sala escura do cinema um conjunto de obras consagradas formadoras do Cinema enquanto arte, pensamento crítico e formação cultural. Tarkovski é um dos criadores que mais refletem essa dimensão plena do cinema”.

As sessões do Cine Cineasta são seguidas de rodas de conversa, buscando ampliar a experiência de ver um filme e contextualizar cada obra e cada diretor em relação com seus respectivos universos históricos, estéticos e valorizando, também, as marcas autorais.

PROGRAMAÇÃO:

9/11 (sábado) – A Infância de Ivan – 10h – Cinema da Ufba (Canela);

10/11 (domingo) – Andrei Rublev – 10h – Cinema do Museu (Corredor da Vitória);

13/11 (quarta) – O Espelho – 19h20 – Cinema da Ufba;

16/11 (sábado) – Stalker – 10h – Cine MAM (Av. Contorno);

17/11 (domingo) – Solaris – 10h – Cinema da Ufba;

20/11 (quarta) – Nostalgia – 19h20 – Cinema da Ufba;

27/11 (quarta) – O Sacrifício – 19h20 – Cinema da Ufba;

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s