Confira a gravação de nosso 28º Encontro:

Para receber por email os links especiais dos filmes e as infos de nossos encontros, cadastre seu email: clique aqui.


NOTA DOS CURADORES

Um dos filmes mais polêmicos do cinema francês, “Lacombe Lucien” (1974) aborda o tema do colaboracionismo a partir da trajetória de um jovem provinciano.

maxresdefault

“Lacombe Lucien”, de Louis Malle, foi lançado em 1974. Até 1975, o filme foi tema de um intenso debate na França em que participaram nomes como Serge Daney, Serge Toubiana e Michel Foucault, sobretudo, nas páginas dos Cahiers du Cinéma, o que tornou o filme uma das obras mais polêmicas do cinema francês. O tema do filme, afinal, põe em questão, de forma inquietante, o colaboracionismo e o papel dos próprios franceses durante a ocupação nazista na Segunda Guerra Mundial.

No filme, Lucien Lacombe (Pierre Blaise) é um jovem de 17 anos que vive perto de uma pequena cidade no sudoeste da França ocupada, em 1944. Filho único de uma família simples, o rapaz tenta se juntar à Resistência Francesa, mas não é aceito por ser muito novo. Depois, ele acaba sendo aliciado pelas milícias francesas que atuam na cidade à serviço da Gestapo. Seduzido por um aparente poder que ele passa a exercer na vila depois de tutelado por milícias e pela Polícia Alemã, Lucien se apaixona por France, uma jovem filha de um rico alfaiate judeu.

1113419_landscape

Louis Malle tinha 42 anos em 1974. Era um cineasta exitoso, ex-crítico dos Cahiers du Cinéma e contemporâneo da Nouvelle Vague (sem dela fazer parte). Num período de intensa politização da esfera cultural francesa (os Cahiers se tornara maoísta), o debate sobre o filme ultrapassou o âmbito cinematográfico para assumir contornos políticos e teóricos que iam de leituras de revisão do marxismo até a abordagem linguística e semiológica e, no limite, ganhava dimensões de escândalo.

No debate mais exaltado, apareceram acusações de “humanização” dos colaboracionistas e até de um “fascínio pelo nazismo” que certo cinema francês manifestaria como tendência. A ambiguidade do personagem, entretanto, e a narrativa delicada ao abordar um tema sensível e espinhoso, tornaram “Lacombe Lucien”, posteriormente,  um dos filmes mais reconhecidos de Louis Malle.

“Lacombe Lucien” conta a história de um indivíduo singular e comum. Sua breve e controversa trajetória lança questões desconcertantes e desafiadoras sobre como as ideologias, inclusive as mais moralmente execráveis, ganham materialidade na vida social, conformadas nas sensibilidades individuais em constante tensão com as condições estruturais (políticas) que dão forma a uma comunidade (um lugar, um país, um mundo sensível dominante), instituindo sua ética e sua moralidade, contra as quais as paixões humanas, seus anseios e ressentimentos, se alienam em repressão ou transbordam em violência e crime, institucionalizados ou não. O tema é atualíssimo.

— por fabricio e camele, curadores

“Lacombe Lucien” é o filme sobre o qual conversaremos no 28º Encontro Virtual Cinematógrafo e Saladearte Daten, neste sábado (18), às 16h, via Google Meet.

ENCONTROS VIRTUAIS

Os Encontros Virtuais Cinematógrafo e Saladearte Daten acontecem nas tardes de sábado e nas noites de quarta desde o início da quarentena, sempre com um filme diferente sugerido pelos curadores do Cinematógrafo, os cineastas Camele Queiroz e Fabricio Ramos, e que pode ser visto online, em casa, a qualquer hora antes do encontro. As conversas acontecem via Google Meet e são participativas.

Cadastre-se para receber por email as informações e links de nossos encontros:

Botao-QUERO-PARTICIPAR-300x173Dúvidas? Entre em CONTATO conosco.

Acompanhem o Instagram e Facebook do Cinematógrafo para ficar por dentro de nossa programação de Encontros Virtuais, que acontecerão durante todo o período em que as salas de cinema precisarem ficar fechadas por conta do distanciamento social necessário para conter a disseminação do coronavírus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s