O Homem Que Não Dormia” é o filme tema do 27º Encontro Virtual Cinematógrafo e Saladearte Daten. O Encontro, que contará com a participação especial do diretor Edgard Navarro, acontece nesta quarta (15), às 19h30.

Gravação do encontro com a participação vibrante do diretor Edgard Navarro:

 

Para receber por email os links especiais dos filmee e as infos de nossos encontros, cadastre seu email: clique aqui.

NOTA DOS CURADORES

Espiritualidade telúrica e realidade onírica na paisagem mágica da Chapada Diamantina

unnamed
O cineasta Luiz Paulino como o misterioso peregrino

Na paisagem mágica da Chapada Diamantina, um padre, um mendigo, um jovem louco, a esposa do coronel e uma jovem mulher veem seus caminhos se cruzarem, com a chegada de um misterioso peregrino, na encruzilhada dos sonhos e da realidade.

Em “O Homem Que Não Dormia” (2012), Edgard Navarro evoca o seu próprio (e o nosso) imaginário cristão, atravessado por uma mística afrocabocla, para promover uma jornada sincrética pelos vales e planaltos da Chapada, mesclando o folclore e a mitologia popular à reflexão existencial.

A chegada do peregrino, que vinha atravessando o tempo sem poder dormir, perturba as vidas desses antes acomodados habitantes da pequena cidade, onde barões do passado e coronéis do presente exercem o poder de antes e de hoje, enquanto o povo vive suas alegrias e agruras nas rodas de conversa, no boteco e na igreja.

Captura de Tela 2020-07-11 às 21.42.57
Bertrand Duarte (o “Superoutro”) como o padre em conflito

Ismail Xavier situou Navarro como autor de um cinema que “passeia por uma poética do insólito de modo incisivo”. Inventivo e único em estilo, “O Homem que Não Dormia” transita entre o realismo fantástico e a alegoria, a graça baiana e o drama barroco, o imediato e o cármico.

O que vemos é um cinema de invenção que se reinventa a cada sequência, numa profusão de imagens em que escatologia e pudor, culpa e redenção, espiritualidade e carnaval, em suma, o sagrado e o profano são contradições essenciais que avivam um mesmo espírito, um mesmo cinema, um mesmo filme. O onírico é um modo do real.

Na trama do filme, há um tesouro enterrado a ser desencavado enquanto as personagens se defrontam com seus próprios mistérios. O tesouro é uma mentira que guarda verdades! Contradições: a escuridão de um pesadelo ilumina os sonhos; o tempo esquecido faz retornar o presente; o cinema lança luz sobre a crise permanente da vida. A crise, em vez de retrair, expande a realidade! Abaixo a gravidade! Pra frente Brasil…

Por fabricio ramos e camele queiroz

Vamos conversar sobre “O Homem que Não Dormia” no nosso 27º Encontro, com a participação especial do diretor Edgard Navarro! Nesta quarta (15/jul), às 19h30, via Google Meet.

20200711_203453_0000

ENCONTROS VIRTUAIS

Os Encontros Virtuais Cinematógrafo e Saladearte Daten acontecem nas tardes de sábado e nas noites de quarta desde o início da quarentena, sempre com um filme diferente sugerido pelos curadores do Cinematógrafo, os cineastas Camele Queiroz e Fabricio Ramos, e que pode ser visto online, em casa, a qualquer hora antes do encontro. As conversas acontecem via Google Meet e são participativas.

Cadastre-se para receber por email as informações e links de nossos encontros:

Botao-QUERO-PARTICIPAR-300x173Dúvidas? Entre em CONTATO conosco.

Acompanhem o Instagram e Facebook do Cinematógrafo para ficar por dentro de nossa programação de Encontros Virtuais, que acontecerão durante todo o período em que as salas de cinema precisarem ficar fechadas por conta do distanciamento social necessário para conter a disseminação do coronavírus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s