Um inventário crítico de uma geração e a Cidade do México como paisagem viva. “GÜEROS” (2014), de Alonso Ruizpalacios, é o filme tema de nosso 42º Encontro Virtual Cinematógrafo e Saladearte Daten, que acontece neste sábado (5 de set), às 16h, via Google Meet. Assista ao filme até lá e participe!

Nossos encontros virtuais acontecem às quartas e aos sábados. Os filmes indicados são assistidos com antecedência e são temas de nossas conversas! Para participar e receber por email os links especiais e as infos de nossos encontros virtuais, cadastre-se:

Botao-QUERO-PARTICIPAR-300x173

Dúvidas? Entre em CONTATO conosco.


 

NOTA DOS CURADORES

Sombras dos detetives selvagens

Três personagens, marcados pela apatia e pelo tédio, percorrem a Cidade do México em busca de um roqueiro mexicano obscuro, desconhecido e prestes a morrer, mas que teria feito “Bob Dylan chorar”. Com atmosfera de comédia sensível e com fluidez narrativa e dramática, Güeros (2014), debute do diretor mexicano Alonso Ruizpalacios, é um retrato de uma geração em conflito íntimo com os discursos dos grandes projetos de transformação da América Latina.

A própria geografia da Cidade do México media a narrativa. Na trama, o menino do interior Tomás, por causa de seu comportamento que a sua mãe, cansada, já não consegue controlar, é mandado para uma temporada na casa do irmão mais velho, Federico, na Cidade do México. Federico, apelidado sugestivamente de Sombra, vive confinado com o amigo Santos, ambos universitários, num apartamento escuro, bagunçado e sujo. Ao saberem que Epigmenio Cruz, o roqueiro que marcou a infância dos irmãos, está à beira da morte, resolvem visitá-lo para que ele autografe a fita cassete que Tomás não se cansa de ouvir.

Ambientado nos anos 1999–2000, no período de intensas greves estudantis da UNAM — Universidade Nacional do México, o périplo dos três jovens pela cidade remete ao romance genial de Roberto Bolaño, “Os Detetives Selvagens”. Tal como a literatura de Bolaño, o filme, a seu modo, realiza com eficácia a conjunção de tensões estéticas e emocionais, próprias das linguagens artísticas, infiltrando em sua Poética da deriva aspectos sociais, políticos e do drama existencial da energia juvenil em suspensão.

Sombra, de fato, sofre de síndrome do pânico e o tédio dos três jovens é um aspecto da frustração dispersa que paira em suas vidas. Porém, tal como os detetives selvagens, uma busca os mobiliza para a experiência da vida e a descoberta de algo que ofereça sentido ao caos de desespero, amor e discretos sonhos.

Rodado em Preto e Branco e inteiramente em formato 4:3, o filme tem momentos de grande força expressiva (como o da crise de pânico de Sombra) e de crítica (e autocrítica) sobre as subjetividades políticas e mesmo a função do próprio cinema.

Güeros ganhou o prêmio de Melhor Filme Estreante em Berlim e o Melhor Filme Latino-Americano em San Sebastian. Por aqui, foi exibido no Festival Internacional de Cinema da Bienal de Curitiba, em 2015.

Por Mel e Fabricio, cineastas e curadores do Cinematógrafo.


 

Vamos conversar sobre “GÜEROS” no nosso 42º Encontro Virtual Cinematógrafo e Saladearte Daten, que acontece neste sábado (5 de set), às 16h, via Google Meet. Assista ao filme até lá e participe!

cropped-cinematocc81grafo-virtual-geral.jpeg

ENCONTROS VIRTUAIS

Os Encontros Virtuais Cinematógrafo e Saladearte Daten acontecem nas tardes de sábado e nas noites de quarta desde o início da quarentena, sempre com um filme diferente sugerido pelos curadores do Cinematógrafo, os cineastas Camele Queiroz e Fabricio Ramos, e que pode ser visto online, em casa, a qualquer hora antes do encontro. As conversas acontecem via Google Meet e são participativas. A ação é gratuita, aberta e não tem fins comerciais.

Acompanhem o Instagram e Facebook do Cinematógrafo para ficar por dentro de nossa programação de Encontros Virtuais, que acontecerão durante todo o período em que as salas de cinema precisarem ficar fechadas por conta do distanciamento social necessário para conter a disseminação do coronavírus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s