Fechamos o ano passado com um filme brasileiro e voltamos este ano com um filme brasileiro! “Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo” (2009) é o filme tema de nosso 69º Encontro, o primeiro de 2021. Os encontros, este ano, acontecerão semanalmente, sempre aos sábados, às 16h, via Goggle Meet. Inscreva seu email para receber os links especiais, os acessos às salas virtuais e participar das conversas!

Nossos encontros virtuais são abertos e gratuitos. Em 2021, eles acontecem sempre aos sábados. Os filmes indicados são assistidos com antecedência e são temas de nossas conversas! Para participar e receber por email os links especiais e as infos de nossos encontros virtuais, cadastre-se:

Botao-QUERO-PARTICIPAR-300x173

Dúvidas? Entre em CONTATO conosco.


NOTA DOS CURADORES

“Viajo porque preciso, volto porque te amo” é uma frase vista, num posto de beira de estrada, pelo geólogo que narra esse primoroso roadie-movie, que oscila entre o poético, o sensorial e o realismo documental. A voz do geólogo é a de Irandhir Santos. Enquanto percorre as estradas do sertão, mapeando o terreno para a construção de um grande canal, ele reflete sobre a vida, o amor e a solidão.

Dirigido por Karim Aïnouz e Marcelo Gomes, dois destacados diretores que mantêm uma fértil parceria, “Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo” nos lança na estrada junto com o geólogo, ou com sua voz e seu olhar, às vezes, impressionista: a cada distância percorrida, imergimos nos confins mais remotos do sertão, e também nos recônditos de um coração abandonado.

Entre a angústia e a aventura solitária, percorrendo um chão árido, encontramos também o grande rio, o dinamismo da feira de Caruaru, a mística romeira de Juazeiro e, em Piranhas, nos deparamos com uma outra inscrição bonita: num monumento encravado no alto de um monte, “o povo do século XIX homenageia o povo do século XX”.

A vida transcorre nessa estrada, uma viagem sem volta e que pode não acabar nunca, num sertão de agruras e belezas, de rochas e flores, de solidões e encontros. No fim, quem sabe o milagre do mar, destino de todo rio, destino imaginado do sertão… “Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo” encanta por nos convidar, com simplicidade, e despretensão, à magia de um Brasil profundo que se confunde com o nosso próprio coração.

Por Fabricio e Camele, curadores do Cinematógrafo.


Nossos encontros são abertos e participativos. O Cinematógrafo vem acontecendo como um refúgio de conversas delicadas e pensamento livre, temas urgentes e fundamentais, espaço de construção de amizades e totalmente aberto a quem chega! Compareçam!

ENCONTROS VIRTUAIS

Os Encontros Virtuais Cinematógrafo e Saladearte, em 2021, passam a acontecer nas tardes de sábado, sempre às 16h. Os encontros vêm acontecendo desde o início da quarentena, sempre com um filme diferente sugerido pelos curadores do Cinematógrafo, os cineastas Camele Queiroz e Fabricio Ramos, e que pode ser visto online, em casa, a qualquer hora antes do encontro. As conversas acontecem via Google Meet e são participativas. A ação é gratuita, aberta e não tem fins comerciais.

Acompanhem o Instagram e Facebook do Cinematógrafo para ficar por dentro de nossa programação de Encontros Virtuais, que acontecerão durante todo o período em que as salas de cinema precisarem ficar fechadas por conta do distanciamento social necessário para conter a disseminação do coronavírus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s