Cinematógrafo de maio exibe “Dead Man”, de Jim Jarmusch

O filme é estrelado por Johnny Depp e tem trilha de Neil Young. Sessão sábado, dia 25 de maio, às 16h30, na Saladearte - Cinema do Museu. INGRESSOS no valor de meia pra todo mundo! R$ 12,50. William Blake (Johnny Depp) viaja para as mais longínquas fronteiras do oeste americano, perdido, gravemente ferido e, perseguido … Continue lendo Cinematógrafo de maio exibe “Dead Man”, de Jim Jarmusch

Anúncios

Cine Cineasta de maio apresenta três obras de Ingmar Bergman

O Cine Cineasta apresenta um breve panorama da obra de um dos mais famosos cineastas da história. Este mês, as sessões serão na Saladearte - Cinema do Museu (na Vitória), nas manhãs de sábado (18) e domingo (19), ambas as sessões às 10h, e no dia 22 (quarta), as 19h. A vasta filmografia de Ingmar … Continue lendo Cine Cineasta de maio apresenta três obras de Ingmar Bergman

Agende-se para os encontros do Cinematógrafo de maio, para todas as idades

Agende-se para os encontros Cinematógrafo de Maio, na Saladearte - Cinema do Museu, que fica no Corredor da Vitória: O CINEMATOGRAFINHO MATINÊ de maio, dia 5/5 (domingo), às 10h30, vai trazer para os pequeninos um dos mais cativantes musicais de todos os tempos! "Mary Poppins" na versão remasterizada e dublada em português! Baseado numa série … Continue lendo Agende-se para os encontros do Cinematógrafo de maio, para todas as idades

Cinematógrafo: Cine Cineasta #1 apresenta duas obras de Luchino Visconti

“Cine Cineasta” promove ciclo mensal com obras de grandes cineastas na Saladearte da UFBA. A primeira edição, que acontece nos dias 20 e 21 de abril, traz duas obras de Luchino Visconti. O Cine Cineasta, que surge como mais uma ação do Cinematógrafo, dedicará fins de semana às obras de cineastas consagrados na História do … Continue lendo Cinematógrafo: Cine Cineasta #1 apresenta duas obras de Luchino Visconti

Cinematógrafo de abril (sáb, 27): “Compasso de Espera” faz uma anatomia dramática do racismo brasileiro

Compasso de Espera nunca sugere a existência de uma alternativa cultural ao mundo branco elitista em que Jorge está imerso. Ao mesmo tempo, o mérito central do filme é sua anatomia descritiva e dramática do racismo brasileiro. Elogiado pela crítica e, à época, ignorado pelo público, Compasso de Espera foi rodado em 1969, mas só … Continue lendo Cinematógrafo de abril (sáb, 27): “Compasso de Espera” faz uma anatomia dramática do racismo brasileiro

Encontros de abril no Cinematógrafo: duas novas ações mensais e uma sessão extra de “Alien”, de Ridley Scott.

Encontros de abril no Cinematógrafo: duas novas ações mensais e uma sessão extra de "Alien", de Ridley Scott.   Neste mês de abril, o Cinematógrafo na Saladearte inaugura dois novos encontros mensais: - o CinematograFinho Matinê: nas manhãs de domingo, filmes infantis dublados, numa parceria curatorial com o jornalista e cineasta Fabrício Lima. "O Conto … Continue lendo Encontros de abril no Cinematógrafo: duas novas ações mensais e uma sessão extra de “Alien”, de Ridley Scott.

Cinematógrafo de março (sáb, 30): “Contatos Imediatos do Terceiro Grau”, de Steven Spielberg

O clássico de Steven Spielberg ajudou a refundar a ficção científica no cinema e subverte a lógica do gênero, narrando uma história que congrega intimismo e deslumbramento no encontro entre nós e seres de uma alteridade radical. Contatos Imediatos passa no Cinematógrafo de março, sábado, dia 30. O cinema surge revelando registros documentários da realidade, … Continue lendo Cinematógrafo de março (sáb, 30): “Contatos Imediatos do Terceiro Grau”, de Steven Spielberg

Cinematógrafo Double Bill (23/2): “The Doors” e “Velvet Goldmine”

O Rock como Pátria* é o mote da sessão especial de fevereiro do Cinematógrafo na Saladearte: um ingresso para ver dois filmes! Entre a Vontade de potência e a potência do Falso (dos curadores): Jim Morrison, no show do The Doors “Live At The Isle Of Wight Festival 1970”, canta “sem mexer um músculo”, como … Continue lendo Cinematógrafo Double Bill (23/2): “The Doors” e “Velvet Goldmine”

Cinematógrafo de janeiro (sáb, 26): “O vento nos levará”, de Abbas Kiarostami

Para Abbas Kiarostami, um filme não deve se limitar a ilustrar um roteiro nem representar uma coisa; deve ser um acontecimento. Mas, em seus filmes, o princípio da incerteza, típico de filmes documentais, cumpre uma função fundamental na proposta estética do diretor, que oscila entre a realidade e o artifício. O acontecimento não se traduz … Continue lendo Cinematógrafo de janeiro (sáb, 26): “O vento nos levará”, de Abbas Kiarostami

Cinematógrafo de dezembro: FEBRE DO RATO

Claudio Assis não é um diretor de consensos, "Febre do Rato" tampouco. O Cinematógrafo de dezembro (sáb, 29) exibe o filme não por sua novidade, mas por sua força poética; menos por sua vontade de provocação do que por sua permanência política, no sentido estético do termo, que propõe ao espectador que ele também faça … Continue lendo Cinematógrafo de dezembro: FEBRE DO RATO