Nesta quarta, dia15/4, às 19h30, tem encontro virtual via Google Meet, o segundo encontro do Cineclube Saladearte Daten que convidou os curadores do Cinematógrafo para propor os filmes e mediar o papo. A cada encontro, os curadores Camele e Fabricio indicam um filme que pode ser visto em qualquer dia e horário em plataformas online, e às quartas e sábados acontecem os encontros, com a participação do público.

Segunda sessão Mizoguchi

 

Link para o nosso encontro: https://meet.google.com/rpz-wrnq-qxb

O primeiro encontro funcionou bem! Neste segundo, o filme tema será “Contos da Lua Vaga na Chuva” (1953), de Kenji Mizoguchi, que pode ser visto gratuitamente na plataforma Petra Belas Artes, que liberou temporariamente o acesso ao seu rico cardápio! Para ver o filme clique aqui.

Trata-se de um dos filmes mais conhecido de Mizoguchi. Um drama fantástico anti-guerra sobre cobiça, família e relações entre homens e mulheres. A condição feminina, aliás, é um dos temas mais presentes na cinematografia de Mizoguchi.

Sua vasta cinematografia inclui variados gêneros, desde os filmes mudos, dramalhões, ação, policiais, comédias, muitos dos quais, realizados entre 1920 e 1930, se perderam. Depois, teve sua fase “socialista”, fez filmes por encomenda governamental durante a guerra e, enfim, realizou os dramas realistas e históricos que instituíram a sua fama de diretor exigente que realizava planos-sequências elaborados e mis-en-scène rigorosamente pensadas e executadas.

Captura de Tela 2020-04-14 às 19.44.45

“Contos da Lua Vaga na Chuva” é o único dos filmes de Mizoguchi, dentre os que sobreviveram, que trata do sobrenatural, misturando o realismo com o fantástico, ou o real com o surreal, sem recorrer a expedientes convencionais para passar de uma à outra dimensão.

Na década de sua morte (ele se foi aos 58 anos em 1956), realizou os filmes mais célebres e comoventes, como “Oharu”, de 1952; e “O Intendente Sancho” (de 1954), e “Os Amantes Crucificados”, de 1955. São obras que aliam o drama histórico japonês às questões de valores e relações de classe, de poder ou entre homens e mulheres, que dão o tom atual ou atemporal aos filmes.

Sobre o drama propriamente e o filme “Contos da Lua Vaga na Chuva” nós vamos bater um papo no nosso segundo encontro virtual, nesta quarta, 19h30, pelo Google Meet. Cadastre-se para receber o link dos nossos encontros por email: clique aqui.

cropped-cinematocc81grafo-virtual-geral.jpeg

 

2 comentários em “Segundo encontro online do Cinematógrafo e Cineclube Saladearte Daten: nesta quarta, 15/4, 19h30

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s