O filme de Alain Corneau é um drama sobre a Música e as relações do artista com a arte

1*R9tgTVKobBeThd3zew-Dlw

Lançado em 1991 e baseado no livro homônimo de Pascal Quignard, “Todas as Manhãs do Mundo”, dirigido por Alain Corneau, trata da Relação, no século 17, do músico Senhor de Sainte-Colombe e seu discípulo Marin Marais. Essa relação coloca a questão do que é a música e a possibilidade de seu ensino. Tem com intérpretes principais Gerard Depardieu, Jean-Pierre Marielle, Anne Brochet, Guillaume Depardieu e Carole Richert. Pascal Quignard trabalhou na adaptação dos diálogos e no roteiro do filme que ganhou 8 prêmios do César 91, uma das maiores premiações do cinema francês.

CURIOSIDADES: Indicado ao Globo de Ouro em 1993 de Melhor Filme Estrangeiro. O álbum da trilha do filme, estilo barroco, vendeu mais que Michael Jackson quando lançado na França e mais que Madonna quando lançado nos EUA.

O filme pode ser assistido na Plataforma Petra Belas Artes A La Carte (clique aqui), que liberou o acesso gratuito ao seu catálogo durante o período de distanciamento social.

Assita ao filme e participe do 5º Encontro Virtual do Cineclube Saladearte Daten e Cinematógrafo, que acontece neste sábado (25/4), às 16h, através do aplicativo Google Meet, que pode ser instalado no celular ou acessado no computador. Os links diretos para o ambiente do encontro são divulgados nos dias de cada reunião em nossas redes no Instagram e Facebook.

O CINECLUBE SALADEARTE DATEN e CINEMATÓGRAFO

cropped-cinematocc81grafo-virtual-geral.jpeg

Enquanto as sessões do Cinematógrafo no Circuito de Cinema Saladearte estão suspensas por conta do distanciamento social imposto pelo coronavírus, a Saladearte Cine Daten, junto com os curadores do Cinematógrafo – os cineastas Camele Queiroz e Fabricio Ramos – vão promover encontros virtuais para conversar sobre filmes que serão propostos e podem ser vistos online.

Segundo os curadores, “várias plataformas culturais de streaming abriram seus catálogos temporariamente para acesso gratuito, ampliando a oferta de filmes independentes que nem sempre podem ser vistos em plataformas como Netflix. E mesmos nesta, há filmes que podem entrar em nossas sugestões”.

A cada semana, os curadores indicarão nas redes sociais do Cinematógrafo e do Circuito Saladearte um filme para ser visto online, em casa! Os bate-papos virtuais sobre os filmes acontecerão aos sábados e às quartas, às 16h, na plataforma Google Meet, com mediação dos próprios curadores.

O público interessado pode se cadastrar no breve formulário online para receber por email o link de acesso aos encontros virtuais: acesse o formulário.

Ou acompannhar no Instagram e Facebook do Cinematógrafo a programação durante toda o período em que as salas de cinema precisarem ficar fechadas por conta do distanciamento social necessário para conter a disseminação do coronavírus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s