O 8º Encontro do Cineclube Saladearte Daten e Cinematógrafo apresenta “O Filho Uruguaio”, produção francesa rodada no Uruguai.

LINK

Link para o Encontro de QUARTA (6/mai), 19h30: CLIQUE AQUI

 

ofilhouruguaiofilme4

Sylvie é uma jovem mãe francesa cujo filho foi levado por seu ex-marido. Depois de quatro anos de busca, ela encontra a pista do paradeiro da criança e, com a ajuda do assistente social Mehdi, ela viaja para o Uruguai para resgatá-la. Nem tudo sai como planejado e ela descobre que seu filho é uma criança feliz e radiante criada por sua avó e sua tia.

Filmado com delicadeza e simplicidade, “O Filho Uruguaio”, do diretor Olivier Peyon, é um drama sensível, inspirado numa história real, sobre o aprendizado da maternidade, maturidade juvenil e responsabilidade afetiva. A estética naturalista, com a fotografia cheia de luz e a paisagem interiorana, dão ao tema árido uma sutileza e sensibilidade cativantes.

O filme compõe o catálogo do Festival Varilux, que disponibilizou filmes online, e pode ser visto gratuitamente, mediante cadastro, na plataforma brasileira de streaming  Looke (clique aqui).

O nosso oitavo encontro para conversar sobre o filme é nesta quarta (6/5), às 19h30, através do Google Meet, que pode ser acessado no computador (no navegador) ou no celular (instalando o app que o link solicita). As reuniões são mediadas pelos curadores do Cinematógrafo, os cineastas Fabricio Ramos e Camele Queiroz, e abertas à participação do público.

Para receber por email os links de nossos encontros, cadastre seu email: clique aqui.  e/ou acompanhe as nossas redes sociais no Instagram e Facebook.

O CINECLUBE SALADEARTE DATEN e CINEMATÓGRAFO

cropped-cinematocc81grafo-virtual-geral.jpeg

Enquanto as sessões do Cinematógrafo no Circuito de Cinema Saladearte estão suspensas por conta do distanciamento social imposto pelo coronavírus, a Saladearte Cine Daten, junto com os curadores do Cinematógrafo – os cineastas Camele Queiroz e Fabricio Ramos – vão promover encontros virtuais para conversar sobre filmes que serão propostos e podem ser vistos online.

Segundo os curadores, “várias plataformas culturais de streaming abriram seus catálogos temporariamente para acesso gratuito, ampliando a oferta de filmes independentes que nem sempre podem ser vistos em plataformas como Netflix. E mesmos nesta, há filmes que podem entrar em nossas sugestões”.

A cada semana, os curadores indicarão nas redes sociais do Cinematógrafo e do Circuito Saladearte um filme para ser visto online, em casa! Os bate-papos virtuais sobre os filmes acontecerão aos sábados e às quartas, às 16h, na plataforma Google Meet, com mediação dos próprios curadores.

O público interessado pode se cadastrar no breve formulário online para receber por email o link de acesso aos encontros virtuais: acesse o formulário.

Ou acompannhar no Instagram e Facebook do Cinematógrafo a programação durante toda o período em que as salas de cinema precisarem ficar fechadas por conta do distanciamento social necessário para conter a disseminação do coronavírus.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s