Billy Elliot conta uma história comovente que mistura sensibilidade social e política com um drama de amadurecimento juvenil. Sessão única, neste sábado (22/1), às 15h, no Cine MAM.

O @cinematografinho apresenta “Billy Elliot”, filme já clássico drigido por Stephen Daldry, lançado em 2000, e que travessa o tempo mantendo sua energia e a força de suas nuanças, evocando temas políticos, questões e gênero, a busca de um lugar, aprendizado sobre a vida. E a dança como expressão de tudo isso na experiência sensível de um menino de 11 anos.

⏰ Sessão única no Cinematografinho, neste sábado (22/jan), às 15h, no Cine MAM – Museu de Arte Moderna (Solar do Unhão).

📒 SINOPSE

Billy Elliot (Jamie Bell) é um menino de 11 anos que resolve trocar as luvas de boxe por sapatos de ballet ao descobrir o seu encantamento pela dança e um talento especial para dançar. Incentivado por sua professora (Julie Walters), Billy quer tentar uma vaga na Escola Nacional de Ballet, em Londres. Mas, para viver essa paixão, ele terá que enfrentar o preconceito da sociedade e os problemas no interior de sua própria família, que enfrenta uma crise financeira.

Sensibilidade social e drama juvenil

O filme mistura realismo social, dramaticidade e espetáculo musical para contar uma história emocionante e edificante. Para além da paixão pela dança, “Billy Elliot” é sobre um menino que busca um lugar próprio para se expressar no mundo, e em um mundo cheio de tensões, problemas sociais e políticos, que se refletem profundamente na vida emocional, afetiva e material das famílias.

📣 É um filme para todas as idades (a classificação indicativa oficial é de 12 anos). A Versão apresentada é dublada em português.

O propósito do Cinematografinho é valorizar o protagonismo das crianças no cinema, na tela e na plateia, e estimular uma relação mais duradoura das crianças com os filmes apresentados, tornando o cinema uma experiência de aprendizado sensível para crianças, jovens e adultos, juntos!

“Billy Elliot” estreou no Festival de Cannes de 2000 e recebeu três indicações ao Oscar naquele ano, incluindo Melhor Diretor, Melhor Roteiro Original e Melhor Atriz Coadjuvante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s