“Cine Cineasta” promove ciclo mensal com obras de grandes cineastas na Saladearte da UFBA. A primeira edição, que acontece nos dias 20 e 21 de abril, traz duas obras de Luchino Visconti.

Capa visconti

O Cine Cineasta, que surge como mais uma ação do Cinematógrafo, dedicará fins de semana às obras de cineastas consagrados na História do Cinema, com sessões nas matinês de sábado e domingo na Saladearte da UFBA.

O ciclo, portanto, se volta para o público tradicionalmente cinéfilo e ao público interessado em ampliar a sua formação e conhecimento a partir das obras de grandes nomes essenciais do cinema, desde os mais conhecidos até aqueles relativamente um tanto esquecidos. A iniciativa resulta da parceria entre o curador Carlos Roberto Araujo, jornalista e especialista com experiência curatorial em mostras e festivais de São Paulo, e os curadores do Cinematógrafo, os cineastas e pesquisadores Camele Queiroz e Fabricio Ramos.

A curadoria propõe equilibrar obras mais consagradas de grandes realizadores e realizadoras com aquelas menos conhecidas de cada autor ou autora, fortalecendo a ideia central do “Cine Cineasta”, que é conjugar a fruição dos grandes clássicos com a  formação e conhecimento da história do cinema, contextualizando as razões das escolhas dos filmes de cada cineasta.

Estão previstos fins de semana dedicados a diretores muito conhecidos como Federico Fellini, Ingmar Bergman, Luis Buñuel, Akira Kurosawa, mas nomes menos conhecidos, embora reconhecidos no mundo do cinema, como Jean Eustache, Jacques Rivette, Chantal Akerman, Jean-Marie Straube e Daniéle Huillet, entre vários outros, também farão parte do “Cine Cineasta”.

 

O primeiro fim de semana do Cine Cineasta acontecerá mnos dias 20 (sáb) e 21 (dom) de abril, e abordará a obra de Luchino Visconti, apresentando no sábado o memorável “Rocco e Seus Irmãos”, um dos mais famosos filmes do diretor, lançado em 1960, que expressa alguns ecos do neo-realismo ao abordar a realidade de uma família pobre que imigra para a cidade grande, abordando temas como criminalidade, prostituição e esperanças de ascensão social. E no domingo, “Violência e Paixão”, filme de 1974, representante da última fase da carreira de Visconti e no qual aparecem o conflito geracional e os embates intelectuais e ideológicos que surgiram pós-68.

O Circuito Saladerte, aliás, oferece ingressos a preços especiais para estudantes da rede pública, desde escolas até universidades, na Saladearte da UFBA. Além de ver os filmes, o público do Cine Cineasta receberá, a cada fim de semana, a Folha dos Curadores com informações, textos autorais e trechos de crítica sobre os cineastas e os filmes apresentados, além de contar com convidados especialistas em cinema, arte e temas culturais, que mediarão a conversa com o público após a sessão do domingo.

As programações mensais do Cine Cineasta – assim como do Cinematógrafo e do CinematograFinho – podem ser conferidas nas redes sociais e no site do “Cinematógrafo na Saladearte”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s